Graça, é claro, simboliza todos nós no mundo desenvolvido: estragado, ingrato e egoísta.
(Quarto da criança. Cross-olhando menina está sentado no chão, cercado por brinquedos)
Mãe: Graça, querida. Posso ter um pouco de bate-papo?
Grace: (rudemente): Não! Não quero! Vá-se embora!
Mãe: Mas, querida, não há uma menina do lado de fora (indica por cima do ombro) Ela gostaria de conhecê-lo!
Grace: Não importa! Não quero!
Mãe: Mas ela é muito bom, querida. Ela quer ser seu amigo ...
Grace: Não quero amigos fedorentos! Go 'caminho!
Mãe (suspirando): Muito bem. Eu vou dizer-lhe para ir embora. Mas você não pode apenas dar-lhe um de seus animais de brinquedo: ela não tem todos os brinquedos de seu próprio país, você vê.
Grace: O QUE? Eu preciso de todos os meus brinquedos (abraça-los protetora)
Mãe: Só um, querida. Você tem tantos!
Grace: (irritada e acusador): cargas obtido de Mercy mais do que eu. Sua mamãe e papai são muito mais agradável! Não é justo! (selos pé)
Mae (persuasivo) Vamos lá! Basta um pouco de um!
Grace (muito irritado): Hum! Ela pode ter um presente (escolhe o animal mais antigo e mais sujo que tem recheio saindo dela) Mas não é justo! Eu quero um novo lugar ... (segue a mãe, gritando) Eu disse que quero um novo ... um novo ... um novo ...

Roteiro Original:

Harvest Service: 2 Corinthians 9 vv 6 – 15: 
 Grace, of course, symbolises all of us in the developed world: spoilt, ungrateful and selfish. 
(Child’s bedroom. Cross-looking little girl is sitting on the floor surrounded by toys)
Mother: Grace, darling. Can I have a little chat?
Grace: (rudely): No! Don’t want to! Go away!
Mother: But darling, there’s a little girl outside (indicates over her shoulder) She’d like to meet you!
Grace: Don’t care! Don’t want to!
Mother: But she’s very nice, darling. She wants to be your friend…
Grace: Don’t want no smelly friends! Go ‘way!
Mother (sighing): Very well. I’ll tell her to go away. But couldn’t you just give her one of your toy animals: she hasn’t got any toys of her own, you see.
Grace: WHAT? I NEED all my toys (hugs them protectively)
Mother: Just one, darling. You’ve got so many!
Grace: (crossly and accusingly): Mercy’s got loads more than me. Her Mummy and Daddy are much nicer! It’s not fair! (stamps foot)
Mother (coaxingly) Come on! Just a little one!
Grace (very annoyed): Humph! She can have this one (picks out the oldest and dirtiest animal which has stuffing coming out of it) But it’s not fair! I want a new one instead…(follows mother out, shouting) I said I want a new one…a new one…a new one…

0 comentários:

Postar um comentário

Não utilize palavras de baixo calão ou algo que venha denegrir a imagem de alguém. Grato!

 
Top