RAPAZ - (entra correndo, carregando o controle remoto da TV, pára, agacha, escondendo o controle)

MOÇA - (segue em perseguição) Me dá isso!!

RAPAZ - De jeito nenhum. 

MOÇA - (circulando) Você não pode simplesmente roubá-lo da minha mão.

RAPAZ - Posse é de dois terços da lei.

POLICIAL - (entra) Tudo bem, vocês dois, parem com isso!

RAPAZ - (voltas) O que você está fazendo aqui?

MOÇA - Me dá isso! Eu peguei primeiro! 

RAPAZ - (Nega e se corre pra perto do POLICIAL)

MOÇA - Você vai dizer para me dar o controle remoto!

POLICIAL - Hey! Eu disse pare com isso! Vocês dois estão agindo como crianças!

RAPAZ - Eu fiz isso em legítima defesa! Ela está tentando ver o meu canal.

MOÇA - E ele quer ver o meu canal. (Parte pra cima dele)

RAPAZ - Ver o que quero dizer? Ela está completamente fora de controle.

POLICIAL - Escutem vocês dois, eu não estou aqui como seu vizinho. O xerife me chamou e me disse que o vizinho ligou para o 190.

MOÇA - Eu não quebrei nenhuma lei. Ele é o único que roubou o controle remoto para a direita fora da minha mão. 

Ele - POLICIAL, prende essa mulher. Ela é uma ameaça!

POLICIAL - Dê-me o controle remoto. (Pausa) entregá-lo? (Segura mão)

RAPAZ - Ah, tudo bem!

MOÇA - (estende a mão) Finalmente, a justiça seja feita.

POLICIAL - (resiste) Não tão rápido. O que é isso tudo?

RAPAZ - Isso tudo é culpa do nosso pastor.

MOÇA - Sim, se você prender o nosso pastor, eu vou ser feliz para testemunhar contra ele.

POLICIAL - Espere um minuto. Eu sei quem é o seu pastor. Ele é um bom e gentil ser humano. O que está acontecendo aqui?

RAPAZ - Nosso pastor queria nos mostrar o que é o verdadeiro discipulado.

MOÇA - Sim, nós deveríamos estar modelando o discipulado ao resto do mundo.

POLICIAL - Eu tenho notícias para você. Você não está fazendo um trabalho muito bom.

RAPAZ - Bem, nós não acho que ele realmente poderia fazer isso acontecer.

MOÇA - Nós não tínhamos idéia que ele iria passar com ele.

RAPAZ - Ele perguntou a congregação como muitos de nós gostaríamos de ser verdadeiros discípulos de Cristo ...

MOÇA - E, claro, todos nós levantamos nossas mãos.

RAPAZ - Não tínhamos idéia de que ele tinha o poder de fazer uma coisa dessas.

MOÇA - Mas ele fez isso. Ele realmente fez isso!

POLICIAL - Fez o quê? O que vocês estão falando?

RAPAZ - Nosso pastor nos disse que o verdadeiro discípulo tem liberdade em  Cristo.

MOÇA - É claro, todos nós respondemos. Quem não quer a liberdade em Cristo?

RAPAZ - Mas ele disse que a liberdade em Cristo significa que somos livres para fazer qualquer coisa que não teria vergonha em ver na televisão.

MOÇA - Isso pareceu fácil. Quero dizer, em comparação com o que aparece na televisão em horário nobre, "o que eu faço não pode ser tão ruim. Certo?"

RAPAZ - Então, sem pensar, todos nós concordamos.

MOÇA - Não tínhamos idéia do que ele poderia fazer isso acontecer.

POLICIAL - Mas o que acontece? Você ainda não me disse.

RAPAZ - De alguma forma, o pastor arranjouum jeito para mostrar todo o nosso  ações pecaminosas e pensamentos na televisão.

MOÇA - As minhas são no canal 173.

RAPAZ - As minhas são no canal 174.

POLICIAL - Sem brincadeira!

MOÇA - Sem brincadeira.

RAPAZ - É tão embaraçoso.

POLICIAL - (aponta o controle em direção à platéia) Vamos dar uma olhada.

ELE E ELA - (grito, pulam na frente do policial) NÃO!

RAPAZ - Você não pode fazer isso!

MOÇA - Por favor, não.

POLICIAL - (-passos laterais) Bem, eu tenho que ver porque voces estão brigando. Eu tenho que escrever algo em meu relatório.
(aponta o controle)

ELE & ELA - (atrapalham novamente) NÃO!

MOÇA - Por favor! É muito embaraçoso!

RAPAZ - Não pode ver. Todos vão ficar sabendo as coisas erradas que fazemos por ai.

MOÇA - Sim, nós admitimos que fazemos coisas erradas, mas somos orgulhosos pra contar.

POLICIAL - Bem, se você não quer que seus pensamentos e ações apareçam na televisão, eu acho que sei uma solução.

RAPAZ - Você sabe?

MOÇA - Conte-nos!

POLICIAL - A Bíblia diz: "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça ".

RAPAZ - Então, o que você está dizendo é que os pecados que aparecem em cor viva no canal 174 ...

MOÇA - ... E 173 ...

RAPAZ - ... esses pecados são ... os pecados que não confessou ainda.

POLICIAL - Provavelmente. Deus não lembra seus pecados depois de confessá-los.

MOÇA - Oh. Isso é ... isso é parece ser tão simples. (Sair) Eu vou fazer.

RAPAZ - Ei, isso é uma solução muito melhor do que lutar pela  controle remoto. (Espera por ela para sair, verifica uma última vez para veja se seu está escutando) Ouça. Ah, eu não sei como pedir isso ... É ... necessário que nós ... ela e eu. .. confessarmos nossos pecados ... um ao outro?

POLICIAL - Eu acho que se você pecou contra ela, você provavelmente deveria confessar a ela apenas para curar o relacionamento. Mas, eu suspeito que se o seu for como eu, a maioria de sua confissão será direcionado somente a Deus.

RAPAZ -  ah. Okay. Bem, eu vou ... confessar os meus pecados então. Desculpem-me por todos os problemas.

POLICIAL - Ainda bem que pude resolvê-lo pacificamente. (Eles saem. O policial aguarda um tempinho e liga a Tv imaginária, vai passando os canais e nada acha) - Eh Aquela coisa confessar realmente funciona rápida. 173 e 174 canais e não há nada para ver!

0 comentários:

Postar um comentário

Não utilize palavras de baixo calão ou algo que venha denegrir a imagem de alguém. Grato!

 
Top